domingo, novembro 08, 2015

Intimidades


Tenho uma confissão a fazer. Eu AMO a minha casinha. Adoro ficar em casa. Adoro minha sala e ficar com pés descalços sobre o tapete macio, olhar o céu pela janela, ver minhas plantinhas... simplesmente adoro!

terça-feira, novembro 03, 2015

Revelações e memórias



[...] malgré tout tu dois savoir... je voulais seulement dire au final que je regrettai ne pas savoir ce que je voulais vraiment quand on s'est connu... tu es une des meilleures choses qui me soit arrivée dans la vie et j'aurais dû tenter l'aventure.

Foi uma boa conversa hoje, uma linda conversa.  É bom ter gente boa na nossa história.

segunda-feira, setembro 14, 2015

Banho de realidade.



Alimentação toda alterada, roupas apertando, muitas dores nas costas... resolvi subir na balança: "You gained 9 kg since you last weighed in on Friday 12 Jun 15.". Ganhei nove quilos em três meses. Como??? Choquei


quinta-feira, janeiro 15, 2015

Saudades



Preciso fazer as malas. Apesar das várias viagens dos últimos meses, parece que não viajei, que não entrei em férias.
Tiveram as viagens de trabalho, Juiz de Fora, no final de setembro e depois Brasília, Salvador, Porto Alegre, Natal e Salvador novamente, no período de um mês. Aí já emendei com João Pessoa, Campina e Natal, para passar férias... mas com minha mãe, então não foram férias, propriamente ditas. Férias que tem que ficar pensando, administrando humores e tomando conta dos outros, não é férias. Agora tenho duas semanas em casa, sozinha. Quer dizer, só mais uma semana e alguns dias, e daí tenho que dar conta de milhões de trabalhos com prazos. Eu quero férias depois das férias!
Quero sair pra viajar. Sozinha. Sem incomodações. Sem administrar nada, só me deixar levar. Fazer nada, se estiver com vontade, conhecer gente e papear, se humor quiser. Silêncios, conversas, caminhadas, leituras. Descobrir lugares e me perder. Saudades de me perder sem cobranças. Saudades da estrada. Sem trabalho. Saudades de acalmar a alma.

Overwhelmed



Fazia tempo que não me batia esta sensação de estar tão sobrecarregada que me paralisa e me faz questionar a possibilidade de fazer qualquer coisa, inclusive sair da cama, atender um telefonema, tomar banho, sair de casa. Até a fome passa. Fazia bastante tempo.

Homeless




I love to fix and decorate my apartment but then sometimes I think, do I really want to stay here? In this apartment, in this city, in this country? What do I really have here? Besides my mom, who I love to pieces and who drives me insane when we are together, where are my friends, the people I care, the people I love, the people I enjoy spending time with, the people that seem to understand me and care about me. It feels like they are all spread out, and I'm nowhere near them. I'm afraid New York City became more home to me than anywhere else. That would be truly sad.

domingo, novembro 16, 2014

Frustrações

É tão broxante ouvir um interlocutor que, para além do pouco engajamento no diálogo, naqueles momentos de silêncio, pega e diz "fala mais".

sexta-feira, outubro 03, 2014

Aos poucos

Pra mim, atenção, carinho e admiração se ganha aos poucos. É naquelas pequenas coisas do dia a dia, é no respeito que se tem às outras pessoas, é na flexibilidade do aprender, é na paciência do ensinar. Carinho é algo que se desenvolve ao longo do tempo. Admiração é algo que vai se construindo um pouquinho a cada dia. Mas tudo isso também se perde aos poucos.

domingo, agosto 31, 2014

A copa passou


Acabou o São João, acabou a Copa do Mundo de futebol, os meses têm passado rapidamente. Em uma semana completarei um ano de Campina Grande. Várias coisas aconteceram nesse ano. Fui conhecendo a cidade aos poucos, caminhei muito pra lá e pra cá. Ganhei dois editais, um do CNPq e outro da CAPES. Comecei a ter aulas de percussão. Entrei num grupo de teatro. Eu me mudei e comecei a mobiliar apartamento, montar minha casinha. Fogão, geladeira, máquina de lavar roupas, cama e colchão, era tudo o que meu apartamento tinha, por algum tempo. Aos poucos foi ganhando cara, um sofá aqui, uma mesa ali. Ah, e teve a super novela da cozinha, claro. A vida seguia boa, até que voltei pra Nova York. Depois de pouco mais de um ano e meio longe daquela cidade, eu voltei. Foi brutal. Quer dizer, a ida pra lá não foi brutal. A estada na cidade foi ótima. Foi tão bom rever minhas amigas e amigos, conversar com as pessoas, andar pela cidade e pelos parques, fazer supermercado, cozinhar, ver tv em casa, ir para bares, ver gente, ficar quieta, tudo. A volta, entretanto, foi brutal e me fez fisicamente, mentalmente e emocionalmente debilitada. São muitas as razões e complexas. Eu gosto daqui. Eu gosto de lá. Eu gosto principalmente do meu trabalho, aqui e da minha casa. Eu sinto uma falta colossal das longas conversas com meus amigos e minhas amigas de lá. Não há facebook que dê conta disso. Meu plano inicial era de ficar cinco anos em Campina e depois reavaliar a vida. Essa ida a NYC abalou minhas ideias. Muita calma e paciência nessa hora. Vai passar, eu sei. Mas dói.

quarta-feira, janeiro 29, 2014

Abençoada


Estou na minha sala, sentadinha, trabalhando no computador. Um homem vem à porta, olha para a janela e pergunta:

- Não instalaram as cortinas aqui ainda, né?
- Não.
- Ah, certo.
- Vão instalar agora?
- Não, só à tarde.
- Ah, tá bom.
- De quem é essa sala, abençoada?
- Como assim?
- Qual é o professor dessa sala?
- Professora, professora Katemari.
- Ah, professora Katemari, tá bom. Obrigado.
- De nada.


sexta-feira, janeiro 24, 2014

Lista de compras para casa nova - Submarno

O Submarino foi onde encontrei as coisas mais baratas. Se alguém encontrar mais barato em algum outro lugar, por favor, avise!

Aberta a temporada de pesquisa de preços!

Geladeira
- Geladeira / Refrigerador Electrolux Celebrate Frost Free 430 Litros DFN50
  • De: R$ 2.649,00
  •  R$ 2.437,08 (-8%)
  •  R$ 2.193,37 (-10%)


Fogão
- Fogão de Piso Ative! Timer 4 bocas BF750BR - Inox - Bivolt - Brastemp + Coifa de Parede 60cm Inox - Brastemp 220V
  • De: R$ 1.779,00
  •  R$ 1.636,68 (-8%)
  •  R$ 1.473,01 (-10%)


Microondas
- Microondas Brastemp Clean BMS26 20L Branco
  • De: R$ 329,90
  •  R$ 303,51 (-8%)
  •  R$ 273,16 (-10%)

Fruteira
- Fruteira Para Microondas e Bebedouro - Art in Móveis
  • De: R$ 219,00
  •  R$ 197,10 (-10%)
  •  R$ 177,39 (-10%)



Cama
- Cama Box (Box + Colchão) Probel Prodormir Specialy Black Casal Molas Ensacadas
  • De: R$ 749,90
  •  R$ 674,91 (-10%)
  •  R$ 607,42 (-10%)


Máquina de lavar roupas
- Lavadora e Secadora LG 6 Motion WD1485 8,5 kg Painel Touch Função Turbo Branca
  • De: R$ 2.999,00
  •  R$ 2.239,90 (-25%)
  •  R$ 2.015,91 (-10%)


quarta-feira, janeiro 22, 2014

As pequenas coisas do dia a dia



Minha colega de casa entra e diz que chegaram minhas caixas do Meu Móvel de Madeira, estão lá na portaria. Eu fico bem feliz e desço pra buscar.

Chego na portaria e pergunto se tem alguma coisa pra mim. O porteiro me dá um livro.
- Ah, obrigada, mas tem mais coisas, não?
- Não.
- Não chegaram umas caixas pra mim?
- Não.
Eu olho ao redor, vejo as caixas, aponto e pergunto:
- E aquelas ali?
- Ah, aquelas são da Dona D.
- Tem certeza? Sim, são pra ela.
- Olha, eu acho que são pra mim.
Ele vai, pega os papéis, começa a ler e daí eu vejo o nome da destinatária. Mostro pra ele.
- Ah, eu pensei que fosse da Dona D.
- Certo...


*          *          *


Aqui no prédio os porteiros entregam água mineral. Eles têm um estoque guardado no prédio, eu acho, e daí entregam para o pessoal que mora aqui. Aqui em casa temos duas garrafas de água mineral e sempre que uma acaba eu tento pedir logo em seguida por outra água. Essa tarefa nem sempre é fácil. Na maioria das vezes que eu peço, eles esquecem. Quando minha colega pede, eles trazem (e  bem rápido!).

Ontem terminou a água e hoje pela manhã pedi uma. Não veio. Pedi pra ela pedir.